sexta-feira, 16 de janeiro de 2015

(2015/082) Fragmentos facebookianos


I.

Não abrirei mão da violência.
Abrirei mão da violência injusta.
Da violência contra o fraco, contra o pobre, contra o indefeso.
Nem toda violência é condenável.



II.

Eu tenho um vizinho de um lado que é adúltero.
O vizinho do outro lado também é.
Parece que o adultério de um anula o adultério do outro.
Ou não?
Ou se trata de ambos continuarem sendo adúlteros e adultério continuar sendo adultério?

https://www.facebook.com/osvaldo.l.ribeiro/posts/771874102893162


III.

A Lua é o camarim do qual os deuses se divertem com as desgraças humanas...
Ou desde onde cuidam de nossas feridas...
Quem sabe: vai ser, são médiuns... Melhor fariam sendo enfermeiros, e batendo o cartão...

https://www.facebook.com/osvaldo.l.ribeiro/posts/771803569566882


IV.

Quando a religião e o Estado, o poder, a República, o rei, o diabo, se juntam, o inferno encomenda os salgadinhos...
Religião na praça pública é a distribuição dos convites.

https://www.facebook.com/osvaldo.l.ribeiro/posts/771788229568416


V.

É uma questão ecológica, se posso me expressar assim. Ora, a mente-cérebro humana é um sistema ecológico, povoada de ideias...
... uma das quais, a de Deus.
Em algumas, conforto e brisa.
Em outras, dor e tempestade...

https://www.facebook.com/osvaldo.l.ribeiro/posts/771751049572134


VI.

Deus é uma palavra com a qual se justifica tudo.

https://www.facebook.com/osvaldo.l.ribeiro/posts/771726022907970


VII.


O Brasil - não Portugal, mas Brasil - já teve seus dias de Europa.
Perguntem aos paraguaios.

https://www.facebook.com/osvaldo.l.ribeiro/posts/771722879574951


VIII.

Conhecemos algum país que o é sem ter roubado parte do que tem de alguém? Se não, esse roubo se deu há quanto tempo?, sob que marco ético-civilizatório? Porque uma coisa é um roubo no século XII, outro, no XVI e outro ainda, no XX. Não pelo que ele é - mas pelo que quem pratica diz, faz e sabe que faz.

https://www.facebook.com/osvaldo.l.ribeiro/posts/771722369575002


IX.

Encantem-se vocês com os povos europeus. Louvem-nos. Saúdam vocês a "civilização". Mas, por favor, primeiro arranquem as páginas dos livros de História, para o cinismo deles e o seu não escarrarem na cara da gente. O bem-estar europeu se deu e se dá à custa da mal estar de muitos povos.
Não. Não os louvo. Não os saúdo e não os admiro.
Por isso, não.

https://www.facebook.com/osvaldo.l.ribeiro/posts/771705259576713


X.

Vem meu amigo que se julga o dominador da Teologia e insiste: o Mal é a ausência do Bem, a ausência de Deus.
Eu capitulo... Abaixo a cabeça, olho para o céu e murmuro: pobre Deus - acaba de perder a Onipresença...










OSVALDO LUIZ RIBEIRO

Nenhum comentário:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Sobre ombros de gigantes


 

Arquivos de Peroratio

Ocorreu um erro neste gadget