quarta-feira, 11 de setembro de 2013

(2013/1044) Como ler os textos na Bíblia Hebraica


Osvaldo, como eu devo ler as narrativas do Antigo Testamento?

De preferência com os olhos - o cérebro se encarregará do resto...

Não, sério: diga-me como lê-lo.

Por que eu o faria? Leia como quiser...

Não, Osvaldo, por favor, eu quero ler certo...

Ler certo?

Sim...

E o que acha que é ler certo?

Como assim o que eu acho que é ler certo?

Ler certo depende de sua intenção...

Relativismo...

Não: pragmática. 

Explique-me...

Fácil. Se você quer entender historicamente o livro, é uma coisa. Se você quer se deliciar subjetivamente com a leitura, é outra coisa. E, se você quer usar a narrativa para intervir no mundo e na vida das pessoas, também é outra coisa. Você pode ler o texto heuristicamente, esteticamente e/ou politicamente - são todas, formas legítimas de ler o texto e, todavia, são formas completamente diferentes...

Hum...

Primeiro, decida-se sobre o que quer com esses textos... Quer compreendê-los? Quer gozá-los? Que usá-los?

Entendi. E depois?

Depois, descubra os diversos modos com que cada uma dessas pragmáticas pode ser alcançada e decida-se... Agora, nunca caia na situação ridícula de optar por usar esses textos e produzir um discurso que retoricamente parece ter optado por compreendê-lo historicamente. Usar esses textos não tem nenhuma relação direta e necessária com a sua adequada compreensão histórica - e é por isso que tanto o uso de direita quanto o uso de esquerda aborrecem-se com as pesquisas históricas: porque são usos, instrumentalização, mais valia, apropriação, mas querem se vender como compreensão. E, quando não conseguem, negam a compreensão histórica, como pequena vingança infantil...





OSVALDO LUIZ RIBEIRO

Nenhum comentário:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Sobre ombros de gigantes


 

Arquivos de Peroratio

Ocorreu um erro neste gadget