domingo, 18 de agosto de 2013

(2013/901) Sobre ser iniciado para compreender as coisas da iniciação


Sexta-feira, ouvi um discurso de uma adepta da umbanda que me fez voltar, sem saudades, aos bancos do Seminário, quando em momentos de aulas vinculadas ao confessionalismo e à retórica platônica. 

Lá, dizia-se que só os regenerados podem entender a Bíblia... Morro de rir. Só os regenerados, porque submetidos à doutrina daquela célula de regenerados (daquela, porque há milhares), só eles podem abanar a cabeça, bovinamente, à alegoria doutrinária. Quem não se submete àquela igreja, não lê conforme aquela igreja. São de gênios, esses discursos...

Em sua conferência, a professora e umbandista nos disse que só os iniciados podem entender os mistérios...

Sorri.

Não dá para fazer outra coisa. Só pensei que o mundo gira e a Lusitana roda... Só pensei que o vento que venta cá, venta lá. Só pensei que o leito é sempre o mesmo, a despeito da diferente cor das águas...

"Compreender", aí, transformou-se em aceitar... E, ainda assim, não é que só quem aceita é que vê sentido na coisa - é que a coisa só faz sentido para quem aceita...

Do que falo? De toda e qualquer doutrina de todo e qualquer religião.

E a pessoa ou não entende isso ou não quer entender...

Mas fala sobre a coisa como se ela estivesse desde sempre clara.







OSVALDO LUIZ RIBEIRO

Nenhum comentário:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Sobre ombros de gigantes


 

Arquivos de Peroratio

Ocorreu um erro neste gadget