sábado, 12 de março de 2016

(2016/051) Podíamos ter tido a eles que os troncos eram metáforas...

Na forma de metáfora, o mesmo vale para a teologia/mitologia/religião...

Mas é mais fácil libertar um escravo do tronco do que um religioso da alienação...

Porque, é difícil achar alguém que considere a escravidão uma virtude. Mesmo quem a defende, e há quem a defenda, sabe que se trata de um mal, mas o interpreta como um mal necessário....

No caso da escravidão mitológica, que encontramos na forma de religião, a esmagadora maioria das pessoas considera-a um bem, coisa de "Deus" mesmo, elas dizem, como se "Deus" fosse o bem dos bens...

Abolicionistas são heróis. Abolicionistas religiosos são radicais neuróticos! Os primeiros, estão a serviço de "Deus" (que, depois de séculos sendo escravagista, mudou de lado). Os últimos, loucos ou possuídos...

Daí, ser mais fácil libertar escravos do tronco do que escravos do mito.










OSVALDO LUIZ RIBEIRO

Nenhum comentário:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Sobre ombros de gigantes


 

Arquivos de Peroratio

Ocorreu um erro neste gadget