domingo, 29 de março de 2015

(2015/363) Se a vida deixa...

Se a vida não deixa você fazer o que você ama, aprenda a gostar do que a vida deixa você fazer. Não seja cabeça-dura, não viva morrendo pelo que não pode fazer - faça o que pode fazer, e seja feliz...

Mas, se a vida deixa você fazer o que gosta e o que ama, faça. Não perca meia hora - faça.

A boa nova é que a gente pode aprender e aprende a gostar do que não gosta. É uma questão de disciplina e amor-próprio, de sabedoria e auto-controle. Há um pouco de budismo zen nisso, mas, também, um pouco de Bíblia: tudo quanto vier à tua mão para fazeres, faze com toda a tua força...












OSVALDO LUIZ RIBEIRO

Nenhum comentário:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Sobre ombros de gigantes


 

Arquivos de Peroratio

Ocorreu um erro neste gadget