sexta-feira, 16 de janeiro de 2015

(2015/077) Das memórias que forjamos


Muita memória minha é falsa. Eu me lembro da coisa e ela nunca ocorreu, ou ocorreu de outra forma, ou antes ou depois do fato que me parece relacionado a ela. Poucas coisas, apenas aquelas marcadas a ferro e fogo, ficam-me mais claras e mais conforme a realidade conforme dada, mas mesmo essas memórias já estão confundidas com a sensação de hoje, a leitura ético-filosófica do fato passado... Acho que não existe mais aquele eu lá atrás que não seja reconstruído com pedaços desse eu de hoje...







https://www.facebook.com/osvaldo.l.ribeiro/posts/772164312864141

OSVALDO LUIZ RIBEIRO

Nenhum comentário:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Sobre ombros de gigantes


 

Arquivos de Peroratio

Ocorreu um erro neste gadget