segunda-feira, 23 de junho de 2014

(2014/663) Uma tradição pervertida produzindo perversão


O que faz da tradição bíblica uma tradição politicamente pervertida, que se salva apenas pela assunção da mesma norma politicamente perversa, é que a divindade evocada na narrativa orgulha-se de matar um povo inteiro para, roubando-lhes a terra, entregá-la a seu próprio povo.

Hoje, essa narrativa deveria causar enjoo, nojo, repulsa, repugnância, condenação sem sursis.

Mas, não. Ela ganha adeptos, ela faz escola, ela cria degenerados.













OSVALDO LUIZ RIBEIRO

Nenhum comentário:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Sobre ombros de gigantes


 

Arquivos de Peroratio

Ocorreu um erro neste gadget