quinta-feira, 19 de junho de 2014

(2014/641) 31 de outubro de 2017


31 de outubro de 2017.

No gigantesco palco montado em Wittenberg, os pés cansados do velho teólogo vencem degrau a degrau da escadaria. O corpo cansado do monge se aproxima, ofegante, mas contido, do púlpito. Um silêncio ensurdecedor toma conta do auditório de milhares de pessoas, presentes, e milhões, pelas TV e smartphones pelo mundo...

Um leve chiado avisa a todos que o microfome foi ligado.

Um último olhar do religioso se perde no horizonte, para além das cabeças dos presentes, como se procurasse, debalde, por alguma coisa, que não encontra, não há mais.

_ Não haverá outra Reforma.

E foi tudo o que disse naquele dia. A única lição que os quinhentos anos legaram àquele desesperançado senhor era que nunca mais haveria outro Lutero.

Uns, ouvi, disseram: graças a Deus...

Outros, escutei, rasgaram as roupas...













OSVALDO LUIZ RIBEIRO

Nenhum comentário:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Sobre ombros de gigantes


 

Arquivos de Peroratio

Ocorreu um erro neste gadget