quinta-feira, 19 de junho de 2014

(2014/640) A falácia do "respeite a minha opinião"...


Eu respeito sua opinião, mas...
Eu respeito sua opinião, mas...
Eu respeito sua opinião, mas...

O que é isso?

Vou fazer um arquivo com essa frase e toda as vezes que eu escrever a respeito do que alguém escreveu, vou dar crtl v. 

Duas observações: não se respeitam opiniões - respeitam-se pessoas que dão opiniões. A opinião em si não conta: o que conta é a pessoa que deu a opinião. É ela que tem de ser respeitada...

Segunda: discordar da opinião de qualquer pessoa e dizer, sem firulas retóricas, sem não-me-toques, que a opinião está errada, não é desrespeitar ninguém.

Quando eu digo: o que você está dizendo está errado, eu não desrespeito o sujeito. Pode ser até que eu o respeite mais do que aquele seu "colega" que, por qualquer razão, finge que o apoia...

Vamos crescer, moçada.

Vamos sair do casulo narcisista de "ai, ele disse que estou estou errado"...

Pois eu direi mais: direi que você está errado, completamente errado quando acha que eu devo suspender meu juízo crítico sobre o que você diz só para "respeitar" você...

Não fale nada e jamais, então, será "desrespeitado"...












OSVALDO LUIZ RIBEIRO

Nenhum comentário:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Sobre ombros de gigantes


 

Arquivos de Peroratio

Ocorreu um erro neste gadget