quinta-feira, 17 de abril de 2014

(2014/221) Fábricas de alienados


É porque o crente ainda acredita no mito político-religioso do "ungido", do "apóstolo", do "servo de Deus", que ele se entrega, tolamente e ingenuamente, às pregações, por mais absurdas que sejam, e, mesmo, aquelas "aceitáveis"...

O estado de crença médio da população é, ainda, a causa de sua manipulação rotineira - ainda que essa mesma população tenha suas razões psicológicas, econômicas e culturais para deixar-se manipular, como querem os teóricos da "inexistência da manipulação"...

A condescendência com estados sub-conscientes, estados de sub-autonomia, estados de a-criticidade é culpada direta (consciente?) do estado deplorável e criminoso da plataforma evangélica contemporânea...

Não se cura a doença sem que se elimine o vírus - e o vírus é esse estado de crença que impede as pessoas de refletirem criticamente, de emanciparem-se: ver Deus ali onde só há ossos e tripas.








OSVALDO LUIZ RIBEIRO

Nenhum comentário:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Sobre ombros de gigantes


 

Arquivos de Peroratio

Ocorreu um erro neste gadget