quinta-feira, 17 de abril de 2014

(2014/216) Política e encarnação entre Jesus e Cristo

Ricardo Aigner, sobre as "intenções políticas de Jesus" e a "encarnação", comentário que você fez ao post sobre a Tdl e Jesus de Nazaré. 

Sejam quais tenham sido historicamente as intenções políticas de Jesus, e só podemos trabalhar tateando os vestígios, Jesus de Nazaré nada tem a ver com a interpretação posterior do Verbo. Seja obra da primeira ou segunda geração, seja de Paulo, portanto, ou seja obra da geração do início do século II, a geração da comunidade joanina, portanto, trata-se de uma colagem sobre o Cristo - de modo que somente se eu aceito a alegorização e as interpretações "criativas" (como quer C. H. Dodd) é que posso fazer esse tipo de comentário.

Acho que quase nada do que foi dito sobre o Cristo pode ser aplicado a Jesus. Salvo, claro, se para alguém não faz nenhuma diferença Jesus e Cristo. Mas, para quem estudou, não há apenas diferença - há um abismo intransponível: salvo, no mito.








OSVALDO LUIZ RIBEIRO

Nenhum comentário:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Sobre ombros de gigantes


 

Arquivos de Peroratio

Ocorreu um erro neste gadget