domingo, 13 de abril de 2014

(2014/169) Não há fatos... Mas isso é um fato?


I.

Um vattimoniano consciente não pode emitir qualquer juízo sobre o real - sua expressão discursiva, se ele entende quem ele é e do que está a brincar, é mera atitude de crença, já que ele se recusa a assumir a independência ontológica do real, de modo que sequer pode dizer que haja ou não um real... Há todavia vattimonianos que acham que Vattimo disse e pode dizer que não há real, só interpretação de real... Vattimo, ao menos, sabe do que está brincando... ele sabe que para repetir o slogan igualmente equivocado de Nietzsche deveria contradizer sua própria tese...



II.


Há uma arqui-racionalidade celular, tanto quanto uma arqui-reflexividade celular. No momento preciso em que filósofos modernos negam a relação entre pensamento e real, suas células consomem kilocalorias dispendiosas para produzir tão disparatado pensamento...










OSVALDO LUIZ RIBEIRO

Nenhum comentário:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Sobre ombros de gigantes


 

Arquivos de Peroratio

Ocorreu um erro neste gadget