quarta-feira, 21 de agosto de 2013

(2013/919) Burro, burro, burro - quem? Eu

Burro, burro burro...

Quem?

Eu, ora.

Burro.

Eu disse pra mim que não adianta dar voto de confiança a quem está preso ideologicamente à doutrina sistemática cristã. Não vale a pena - o cara patina, patina, patina - e não sai do lugar. PORQUE NÃO PODE.

Mas você tem coração mole, é uma besta.

Olha para a cara do sujeito e pensa que, quem sabe?, hoje não é o dia de um sistemático revelar-se, afinal, livre para refletir com bom-senso.

Aí, o burro, para e ouve.

Burro, burro, burro...

Podia ter jogado Guild Wars 2 em vez de ouvir, pela bilionésima vez, a mesma ladainha dogmática...

Deus como base de valores, Craig? Faz-me morrer de rir, não, homem. PelamordeDeus, homem - fala sério!

Mas que fique claro: o burro sou eu de achar que ainda há salvação nos portais da doutrina...













OSVALDO LUIZ RIBEIRO

Nenhum comentário:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Sobre ombros de gigantes


 

Arquivos de Peroratio

Ocorreu um erro neste gadget