sábado, 12 de março de 2016

(2016/057) Da falência da narrativa cristã

Não há sentido intrínseco à vida. O sentido é construído. Como somos seres relacionais, o sentido deve necessariamente ser construído à luz do outro, seja na sua consideração como limite de minha liberdade, seja na sua consideração como meu destino.

Por isso, considero a narrativa cristã falida eticamente: porque nela o outro nem é meu limite nem meu destino, mas meu alvo: tornar cada outro um eu mesmo é a missão de todo tomado pela fé cristã...

Triste...








https://www.facebook.com/osvaldo.l.ribeiro/posts/974737979273439

OSVALDO LUIZ RIBEIRO

Nenhum comentário:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Sobre ombros de gigantes


 

Arquivos de Peroratio

Ocorreu um erro neste gadget