terça-feira, 1 de março de 2016

(2016/032) Fragmentos facebookianos

I.

Você pode trocar o fundamentalismo...
... pela dissimulação, por exemplo...

https://www.facebook.com/osvaldo.l.ribeiro/posts/974672459279991


II.

O fundamentalismo islâmico é a secularização do diabo, e a hecatombe climática é a secularização do Armagedom... Porque você pode até se secularizar, mas a religião vai atrás...

https://www.facebook.com/osvaldo.l.ribeiro/posts/974480179299219


III.

Meu amigo e minha amiga: você pode se achar um bom evangélico de Jesus, um bom cristão, um bom evangelical (chique, não?), ou seja, você pode dar a si o nome bonito que achar, mas, se é homofóbico, é fundamentalista e pronto.

Não, não é meramente um conservador: é um fundamentalista.

https://www.facebook.com/osvaldo.l.ribeiro/posts/974693819277855


IV.

Se o professor evita temas quentes, porque deseja um ambiente sem conflitos, bem, ele pode ser um assalariado, mas será um educador?

https://www.facebook.com/osvaldo.l.ribeiro/posts/974696195944284


V.

Se há alguma lei que obrigue Deus a castigar o diabo, então ele não é Deus; se não há, então ele é arbitrário. Eu sei que as teologias sistemáticas conseguem um jeito de sair dessa sinuca de bico... Mas, desses dois jogos, sinuca é o único que eu ainda pratico...

https://www.facebook.com/osvaldo.l.ribeiro/posts/974721119275125



VI.

O diabo me contou que só está esperando o dia do Juízo para jogar na cara de Deus que ele manda os homens perdoarem 70 x 7, quando ele mesmo não o perdoou uma vez sequer...

https://www.facebook.com/osvaldo.l.ribeiro/posts/974720825941821



VII.

Não há sentido intrínseco à vida. O sentido é construído. Como somos seres relacionais, o sentido deve necessariamente ser construído à luz do outro, seja na sua consideração como limite de minha liberdade, seja na sua consideração como meu destino.

Por isso, considero a narrativa cristã falida eticamente: porque nela o outro nem é meu limite nem meu destino, mas meu alvo: tornar cada outro um eu mesmo é a missão de todo tomado pela fé cristã...

Triste...

https://www.facebook.com/osvaldo.l.ribeiro/posts/974737979273439


VIII.

A maior assassina é fêmea. É também a maior mãe. Ela da à luz e ela mata. É impiedosa, é cega e é surda. Quando decide matar, mata. Ela tem dois nomes, dois rostos, mas um só coração. Aqui e agora ela é a Vida. Ali - onde?, quando? - ela é a Morte.


https://www.facebook.com/osvaldo.l.ribeiro/posts/978623105551593


IX.

Ama as suas ovelhas o pastor ou a pastora que as amarra ao pé dos bancos com ameaças doutrinárias, ameaças psicológicas, ameaças afetivas? Claro que ama, se o sobrenome do amor é hipocrisia...

https://www.facebook.com/osvaldo.l.ribeiro/posts/978624688884768


X.

"Não julgueis", diz o teólogo para mim... E eu lhe pergunto: e por meio de que atitude psicológica está você me alertando quanto a isso?

Cego a querer dirigir o mundo...


Nenhum comentário:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Sobre ombros de gigantes


 

Arquivos de Peroratio

Ocorreu um erro neste gadget