sexta-feira, 25 de abril de 2014

(2014/323) Pregadores de condenações


Pastor, pastora, padre, você não é delegado de polícia, não é juiz, não é promotor - é só um cura d'almas. Relaxa. Deixa a condenação com eles. Cuide de cuidar das pessoas. Cure-se. Desencarna esse diabo que habita a tua alma...

Compaixão. 

Nada mais.






OSVALDO LUIZ RIBEIRO

Nenhum comentário:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Sobre ombros de gigantes


 

Arquivos de Peroratio

Ocorreu um erro neste gadget