sexta-feira, 4 de abril de 2014

(2014/139) Como não errar


Há uma forma de não errar - ao menos, não sozinho... Fale amenidades, repita o que todos dizem, cite os livros da moda, os autores-guia. Quando se revelarem os erros da manada, você poderá dizer, para si mesmo, que, afinal, todo mundo dizia...

Agora, se não tem medo de errar, mas, se tem, sua vontade de enxergar fora dos quadros estabelecidos for maior do que seu medo, sai da trilha, embrenhe-se na mata, arranhe-se nas touceiras...

Nos dois casos, você corre o risco de errar, de estar errado.

Mas, num dos casos, terá sido corajoso...









OSVALDO LUIZ RIBEIRO

Nenhum comentário:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Sobre ombros de gigantes


 

Arquivos de Peroratio

Ocorreu um erro neste gadget