segunda-feira, 9 de fevereiro de 2015

(2015/158) Fragmentos facebookianos


I.

Retire a História e você não explica a sociedade.
Retire a Biologia e você não explica o Homem.
Há que se somar outras perspectivas?
Claro.
Mas somar.
A base são essas duas.

https://www.facebook.com/osvaldo.l.ribeiro/posts/784613741619198


II.

História.
Tire isso, e não sobra nada.
E mais - não me venha com selecionalismo: quando interessa, história, quando não interessa, estruturas...
Há que se ter coerência...
Como bem demonstrou - inequivocamente - o historiador (e poderia ser outra coisa?) Carlo Ginzburg, até a tentativa de supressão da História se explica... historicamente...

https://www.facebook.com/osvaldo.l.ribeiro/posts/784613498285889


III.

Na prática, dependendo do modelo político, Deus é ou o Estado ou a sua consciência. O resto é mitologia pura.

https://www.facebook.com/osvaldo.l.ribeiro/posts/784017091678863


IV.

Os deuses nasceram antes da linguagem?
Antes de os homens poderem dar um nome ao Medo que os assombrava, à Força que os encantava, eles existiam?
Sei - e quanto a isso não tenho dúvidas - que os criamos. A questão é: nós os criamos antes ou depois de termo-nos inventado como seres de palavras?

https://www.facebook.com/osvaldo.l.ribeiro/posts/783233695090536


V.

Quando Maomé voltar com Jesus, no dia do Juízo, a gente pergunta aos dois quem, afinal, é maior do que o outro.

Combinado?

https://www.facebook.com/osvaldo.l.ribeiro/posts/783132398433999


VI.

Eu acho que todo religioso é um iludido.
Podem dar a isso o tratamento psicológico que desejarem, pintar com as cores que quiserem, levar para o lado que desejarem...
Mas há iludidos inofensivos e iludidos nocivos.
Os fundamentalistas monoteístas são iludidos nocivos.
Por isso, é contra eles que me bato.

https://www.facebook.com/osvaldo.l.ribeiro/posts/783126581767914


VII.

O cristão caridoso honesto lutaria até o último dia de sua vida para institucionalizar os programas de supressão da miséria: o cristão que sente comichões na alma quando dá esmolas, mas chama o Bolsa Família de bolsa-vagabundo é um hipócrita, um cínico e um sujeito ruim.

https://www.facebook.com/osvaldo.l.ribeiro/posts/783124641768108


VIII.

A cumplicidade é melhor do que a amizade, se estamos falando de termos. Ainda que não amigo seja, o cúmplice se cumplicia, guarda as suas costas, protege você, está contigo até o fim, dê no que dê. Os amigos, bem, amigos há que o são apenas enquanto o vento bom sopra... E eis que nos deparamos, então, com a questão de fundo: cúmplice sempre é cúmplice, por definição. Já amigo, bem, amigo só é o que de fato se faz de...









OSVALDO LUIZ RIBEIRO

Nenhum comentário:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Sobre ombros de gigantes


 

Arquivos de Peroratio

Ocorreu um erro neste gadget