terça-feira, 13 de maio de 2014

(2014/437) Roto, falando do esfarrapado...


OK, OK... Vídeo do Youtube argumentando, com procedência, que os "espíritos" que, no século XIX, "revelaram" as verdades do mundo espiritual aos médiuns, que, então, as escreveram em livros e revistas, representavam tão somente as percepções equivocadas que a ciência tinha, à época, e que foram corrigidas apenas décadas depois, e isso porque no fundo não eram nem espíritos nem verdades reveladas, mas homens e mulheres expondo suas próprias concepções de época na forma de revelações da verdade. Ou seja: onde se lê espíritos, leia-se homens e mulheres falando a partir do que acham que sabem, a despeito de estar tudo errado...

OK, OK. Não vou negar o argumento. Como? Só um apologista o faria...

Mas, eis a ironia: é um pastor a dizê-lo... Aplique-se o argumento ao livro sagrado da religião dele e a Bíblia vira algo ainda pior. Porque, cá entre nós, espíritos ensinarem que vivem no éter universal não é tão ridículo quanto o Espírito dizer que o Sol parou...

Mas, como pedir coerência a quem está em pleno campo de batalha?









OSVALDO LUIZ RIBEIRO

Nenhum comentário:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Sobre ombros de gigantes


 

Arquivos de Peroratio

Ocorreu um erro neste gadget