terça-feira, 15 de abril de 2014

(2014/183) Da vaidade do cristão emocionado


Quando você entende que a emoção de um xintoísta, de um muçulmano, de um candomblecista e de um quechua é igualzinha à sua, você, diante de cruz, de Maria, de qualquer das imagens e símbolos de sua fé, eles, diante das imagens deles, então você estará livre de sua soberba pseudo-espiritual...


Se há diabo e se ele trabalha, então é na vaidade cristã...







OSVALDO LUIZ RIBEIRO

Nenhum comentário:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Sobre ombros de gigantes


 

Arquivos de Peroratio

Ocorreu um erro neste gadget