terça-feira, 1 de abril de 2014

(2014/115) Cristãos, esses ateus...


Há quase dois mil anos, um dos maiores teólogos cristãos, da época e de todos os tempos, já que os posteriores só fizeram repetir o que ele diz, de Bultmann a Pannenberg - falo de Justino! - defendia a fé cristã da calúnia romana. Ele estava revoltadíssimo, porque os cristãos estavam a ser chamados de ateus...

Sim: ateus...

Curioso, não?

Não. Natural. Como os cristãos passavam a descrer dos deuses oficiais, eram tratados como ateus. Justino defende-se e à fé - não somos ateus (Apologias I,6)!

Logo se vê que ateu é uma palavra cujo sentido depende de quem usa...

Nascidos ateus, os cristãos, agora, tratam aos outros como tais...

Mais uma prova de que não aprendemos aquela velha tradição de fazer aos outros apenas o que gostaríamos que fizessem conosco.

Não gostamos de ter sido chamados de ateus...

Mas gozamos de gozos celestes, quando apontamos dedos em caras várias...







OSVALDO LUIZ RIBEIRO

Nenhum comentário:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Sobre ombros de gigantes


 

Arquivos de Peroratio

Ocorreu um erro neste gadget