segunda-feira, 11 de novembro de 2013

(2013/1323) Mito é mito, mas Juízo Final não é Parousia...


Para mim, não faz diferença nenhuma, nem uma nem outra doutrina, ambas, míticas e derivadas de concepções mitológicas antigas, uma, persa e, outra, uma possível apropriação indébita de presumíveis palavras de Jesus, atualizadas em contexto pós-crístico; mas, uma advertência: por favor, não confunda a doutrina do Juízo Final com a doutrina da "segunda volta de Jesus". Teólogos há que ainda acham que a primeira doutrina tem validade, enquanto cuidam que a segunda seja produto de um erro de interpretação de palavras que Jesus pudesse ter dito sobre sua própria presença no mundo lá e então... De modo que se pode crer em Juízo Final, sem parousia, se pode crer em Juízo Final, com parousia, se pode crer em parousia, sem Juízo Final, e se pode descrer das duas. Escolhe, mas não confunde...







OSVALDO LUIZ RIBEIRO

Nenhum comentário:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Sobre ombros de gigantes


 

Arquivos de Peroratio

Ocorreu um erro neste gadget