domingo, 14 de abril de 2013

(2013/443) Abiu, a fruta de vovó


1. Na casa de vovó havia um abieiro. Dava poucos abius. Quando vejo um abiu, lembro de minha avó...

2. É difícil comer. Tem cica demais. Se você tentar comer um que não esteja bem maduro, vai ficar com os lábios colando - muito, colando muito. Por outro lado, apodrece com muita facilidade: entre estar verde ou de vez e podre, é um piscar de olhos. Assim, aproveitam-se poucos.

3. Além disso, a poupa que você de fato pode comer é muito pouca. Para se saciar, precisa de uns quatro ou cinco. Você corta em cruz, toma um quarto desse, dobra-o, a partir das extremidades, de modo que a polpa se exponha, e morde, sem tocar o lábios...

4. É doce, dulcíssimo... Delicioso.

5. Mas não se arrisque: coma somente quando tiver totalmente amarelo.










OSVALDO LUIZ RIBEIRO

Nenhum comentário:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Sobre ombros de gigantes


 

Arquivos de Peroratio

Ocorreu um erro neste gadget