terça-feira, 24 de março de 2015

(2015/308) O texto é um tagarela mudo

Com o texto na mão, das duas uma:

a) ou você me diz o que o autor queria com aquelas palavras,

b) ou você me diz o que você quer com elas...

Não me venha dizer que o "texto" diz alguma coisa.

Diz não.

O texto é um tagarela mudo.

Ele pode ser levado a dizer muitas coisas, tantas coisas quantos diferentes forem e diferentes interesses tiverem os leitores. Ele é tagarela.

Mas ele mesmo não diz nada. É mudo.

As teorias de que o texto fala são teorias em que o leitor se esconde.

Por que se esconde é coisa que alguém teria de explicar - se Freud ou se Marx, eu não sei ainda.










OSVALDO LUIZ RIBEIRO

Nenhum comentário:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Sobre ombros de gigantes


 

Arquivos de Peroratio

Ocorreu um erro neste gadget