terça-feira, 6 de janeiro de 2015

(2015/045) "Divergente"...

Eu devia ter percebido. Mais: quem estava à minha volta devia ter percebido. Eu era um "divergente"...

Quando me somei às fileiras do "Senhor", fui posto a treinamento para pregações em cultos domésticos e que tais. No primeiro exercício, deram-me a parábola do semeador para treinar e pregar.

Li-a.

Mas que burro, pensei, e me recordo bem. Que semeador mais idiota esse... E em lugar de pregar o texto, sugeri uma correção, à minha moda: preparar cada terreno onde cairá a semente, para que todas elas germinassem...

Eu devia ter sido encaminhado ao setor de reconfiguração...









OSVALDO LUIZ RIBEIRO

Nenhum comentário:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Sobre ombros de gigantes


 

Arquivos de Peroratio

Ocorreu um erro neste gadget