domingo, 4 de janeiro de 2015

(2015/005) Sobre as barangas que falaram de Dilma


I.


Antonieta se foi, mas deixou filhotes em muitas redações... Degenerados, claro, que uma coisa é a nobreza, outra, a pretensão de o ser...


II.


Damas?
Nunca foram.
Prostituas da mídia é o que são.
Mas as prostituas, convenhamos, trabalham para ricos e pobres: essas prostituas aí, só para o patronato bilionário. Usarão a caneta de aluguel para dizer o que ajudará os patrões a alcançarem seus objetivos patronais.




III.

Toda e qualquer - SEM EXCEÇÃO - referência debochada à aparência de alguém revela, sem exceção, direi de novo, a medida da alma pequena e mesquinha que habita aquele corpo desprezível de onde sai o sarcasmo dos medíocres.









OSVALDO LUIZ RIBEIRO

Nenhum comentário:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Sobre ombros de gigantes


 

Arquivos de Peroratio

Ocorreu um erro neste gadget