sábado, 17 de maio de 2014

(2014/451) Meus lemas

Meus lemas:


"Sapere aude"
(Kant).

"Onde quer que estejas, cava profundamente: em baixo fica a fonte"
(Nietzche).

"Enquanto não começarmos a entender, nossos espíritos estarão desarmados"
(Edgar Morin).


Esses três lemas definem bem minha alma de toupeira exegética, de verme da terra, de escavador, de revirador de túmulos, de covas, de buracos onde a história, a verdade e os fatos se escondem...

Eventualmente, os fantasmas e as sombras...











OSVALDO LUIZ RIBEIRO

Nenhum comentário:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Sobre ombros de gigantes


 

Arquivos de Peroratio

Ocorreu um erro neste gadget