quinta-feira, 26 de setembro de 2013

(2013/1120) Fragmentos facebookianos


I.



Qual a coisa mais dura que se pode dizer a alguém?
A verdade...
Mas lembre-se que é com materiais duros que se constroem fortalezas...



II.

Menino, pare de jogar esse jogo violento, menino, e venha ler a Bíblia com papai, anda... Ah, sim, onde paramos? Naquela parte, pai, em que o povo matou todo mundo em Canaã... Isso. Bênção pura...


III.

Se o ditado fosse "urine fora do interior do vaso" e não "pense fora do quadrado", homem era tudo gênio...


IV.

Pelas costas, tem muita gente boa que detona com a religião e a religiosidade contemporânea, mas, em público, não dão um pio e, quando dão, é um pio de ó, que coisa bacana a espiritualidade humana... Eu fico só olhando...


V.


Eu consideraria um sujeito coerente e digno de com quem conversar aquele que, defendendo a religião e atacando a ciência - para ele, são iguais, acredita?! -, quando tivesse dor de dente, fosse ao gabinete pastoral...

Mas, não, ele vai ao anestesista de fim de semana...

Gente coerente...



VI.


Povo que me vê, crítico da religião (e sou), pensa-me cego pela ciência...
Povo tonto, não é não?
Não devem ler metade do que escrevo, mas julgam assim: se critica a religião e apoia a ciência, é ideológico com relação à religião e cego em relação à ciência...
Sério, esse povo raciocina assim...
Impressionante, não?


VII.

Mandaram-no pensar fora do quadrado...
Ele saiu do quadrado...
Mas não consegue pensar: o cérebro ficou lá dentro...


VIII.

E todo olho o verá...
Como, se a Terra é redonda?
Burro, por isso mesmo - ele fica parado e, enquanto ela roda, todo mundo vê...
Não, não: é que será pela TV...
Ah, tá... desculpa a ignorância...


IX.

Bíblia pode ser facão de cortar cordas, ou ferros de prender pés. É a tua mão que, se é boa, corta as cordas, mas, se é má, prende os pés. Ela pode ter seus textos maus e seus textos bons - porque é a tua bondade que seleciona seus textos bons e é a tua maldade que seleciona seus textos maus. E tanto mais tu és mau quanto selecionas prioritariamente os seus textos maus.





OSVALDO LUIZ RIBEIRO

Nenhum comentário:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Sobre ombros de gigantes


 

Arquivos de Peroratio

Ocorreu um erro neste gadget