segunda-feira, 23 de setembro de 2013

(2013/1109) O único conhecimento objetivo que há é o conhecimento de que não há conhecimento objetivo - entendes?


Nada mais contraditório do que alguém que se arma da retórica de que não há neutralidade para dizer a você que você não entende Filosofia. 

Ora, se não há neutralidade, como ele entende?

E, se não há neutralidade, que importa a ele o que eu entenda?

Se não há neutralidade, cada qual entenda o que puder, quiser e estiver a fim...

Mas o cabra acha que não há neutralidade, mas o entendimento dele é o critério para o seu...

Alguém o fará se ouvir - um dia, ao menos?






OSVALDO LUIZ RIBEIRO

Nenhum comentário:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Sobre ombros de gigantes


 

Arquivos de Peroratio

Ocorreu um erro neste gadget