quinta-feira, 21 de março de 2013

(2013/295) Jesus estava é andando...

Deus excluíra da Assembleia os leprosos, as prostitutas, os aleijados de toda sorte, os estrangeiros. Deus os detestava com detestação profunda, visceral...

Jesus não estava nem aí.

Um fariseu lhe disse, um dia: não me entra na cabeça um judeu puro andar com leprosos e prostitutas...

Não pode mesmo, na cabeça de um fariseu, entrar uma coisa dessas.

Jesus meio que c***: andava com leprosos e prostitutas...

De Jesus só se diz copiar o que interessa...

Por isso, quando o púlpito fala de Jesus, não me comove mais.

Jesus não comove mais o púlpito.

Quando o próprio púlpito é fariseu, não tem mais valor.

É como quando o crente deixa de ser sal.

Jogue-se na rua...

O mesmo vale para o púlpito.

O farisaísmo substituiu o Evangelho...

Com força...




OSVALDO LUIZ RIBEIRO

Nenhum comentário:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Sobre ombros de gigantes


 

Arquivos de Peroratio

Ocorreu um erro neste gadget