domingo, 10 de março de 2013

(2013/227) No que nos convertemos?

O evangélico de hoje não vê que ele é o fariseu a que os Evangelhos se referem.

O evangélico de hoje não vê que ele é o levita e o sacerdote que passam ao lago e não o samaritano da parábola.

O evangélico de hoje é um narcisista sentimentaloide que não tem a mínima ideia da profundidade da graça e do Evangelho, mas caiu na esparrela rasa de uma espiritualidade alienada e opiácea, promotora de pequenos-deuses megalomaníacos.

Eu não tenho nenhuma dúvida, nenhuma, de que o seu Cristo não se reconheceria nele.

Comemoraremos os 500 anos da Reforma sentados no pó e na cinza - mas com a cristandade fazendo festa, surda e cega para sua desgraça crescente...





OSVALDO LUIZ RIBEIRO

Nenhum comentário:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Sobre ombros de gigantes


 

Arquivos de Peroratio

Ocorreu um erro neste gadget