sexta-feira, 26 de fevereiro de 2016

(2016/003) O que há de absoluto no sagrado é relativo

O equívoco de uma suposta fenomenologia da religião, que, na verdade, é teologia disfarçada, saiba ou não disso, é que não há sagrado algum que seja absoluto. O sagrado é sempre uma categoria relativa - isto é, relativa àquele, e só àquele, que o considera sagrado.

Porque negligencia esse "pequeno" detalhe, salta-se muito rápido para as considerações ontológicas, o que resulta, no conjunto, mais um capítulo das racionalizações (de fé) do mito...




https://www.facebook.com/osvaldo.l.ribeiro/posts/970676573012913

OSVALDO LUIZ RIBEIRO

Nenhum comentário:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Sobre ombros de gigantes


 

Arquivos de Peroratio

Ocorreu um erro neste gadget