sábado, 28 de novembro de 2015

(2015/452) Se não altera a identidade, não é diálogo

Quando um cristão e um budista dialogam, ou quando um cristão e um xintoísta, ou um budista e um candomblecista, em resumo, quando dois religiosos de duas religiões diferentes dialogam, se estão mesmo dialogando e não fazendo de conta que dialogam, então uma de quatro coisas pode acontecer normalmente:

a) o primeiro deixa-se influenciar pela religião do segundo e altera sua identidade à luz dessa influência - é o que cada uma das duas religiões, isoladamente, quando não estão... brincando de diálogo, chamam de conversão;

b) o segundo deixa-se influenciar pelo primeiro, alterando, então, a sua identidade;

c) ambos se deixam influenciar pela religião do outro, alterando, ambos , a sua identidade em conformidade com a influência que recebe e aceita;

d) nenhum dos dois se deixa influenciar pela religião do outro, permanecendo, nesse sentido, inalteradas ambas identidades.

Agora, se você vai sentar com o cara já assumindo que diálogo não pressupõe alterar a sua identidade, bem, você está se enganando.

O quê? Você vai vir com essa cara de pau dizer que foi enganado? Para mim? Vai dizer PARA MIM que foi enganado? Meu querido, nesse campo, só se é enganado com o que se quer ser enganado...








OSVALDO LUIZ RIBEIRO

Nenhum comentário:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Sobre ombros de gigantes


 

Arquivos de Peroratio

Ocorreu um erro neste gadget