sexta-feira, 16 de janeiro de 2015

(2015/101) Quando eu digo que religião é cultura...

Você já viu alguém ir ao cinema para ficar rico?
Já viu alguém ir ao teatro para encomendar a morte de alguém?
Já viu alguém assistir à apresentação de uma sinfônica para obter a cura da AIDS?
Já viu alguém ler um livro para ter a vida depois da morte?

Então, meu amigo, quando eu disser que a religião e a arte em todas as suas manifestações são a mesma coisa, não pense que eu estou dizendo que os religiosos agem sabendo disso.

Para o religioso (e para muito catedrático), religião é algo completamente separado da cultura, um fenômeno próprio, singular - talvez, "o" fenômeno.

De modo que não transforme o que eu digo naquilo que interessa a você dizer: a despeito de religião e cinema serem fenômenos equivalentes, o verdadeiro religioso e o religioso disfarçado de catedrático pensam que não.










OSVALDO LUIZ RIBEIRO

Nenhum comentário:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Sobre ombros de gigantes


 

Arquivos de Peroratio

Ocorreu um erro neste gadget