quarta-feira, 30 de abril de 2014

(2014/381) O teu amor e o teu ódio pelo teu deus


Teu amor por teu deus
se confunde com teu ódio por ele...
Tu o amas, porque ele te diz
_ "Não faças!"...
E também o odeias,
justamente por isso...
Quiseras matá-lo -
mas a coragem te falta...

Feliz é o homem 
que não precisa
matar seu deus
para fazer o que quer,
mas cujo deus morre
sozinho e de inanição
depois que ele fez
o que tinha que fazer
por si mesmo.












OSVALDO LUIZ RIBEIRO

Nenhum comentário:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Sobre ombros de gigantes


 

Arquivos de Peroratio

Ocorreu um erro neste gadget