terça-feira, 29 de abril de 2014

(2014/376) Vida cotidiana e evolução das espécies


A evolução é como a vida: um passo para lá, dá naquilo, um passo para cá, dá nisso - não há nenhum caminho pré-determinado. Todos os caminhos são possíveis. A vida deu um passo para ali e deu numa barata. Deu passos para ali e deu num texugo. E deu passos para cá e deu na gente. A vida é isso também - contingência, aleatoriedade, acaso, tudo isso combinado com escorregões morro abaixo. Subimos um ou dois degraus a duras penas: mas, se escorregamos, caímos com muita velocidade... Um milhão de anos para uma espécie nova surgir, mas basta uma erupção vulcânica e desaparecem da face da Terra ela e sua ancestral direta... Viver é risco. Mas são realmente muito poucos os que não o querem para si...








OSVALDO LUIZ RIBEIRO

Nenhum comentário:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Sobre ombros de gigantes


 

Arquivos de Peroratio

Ocorreu um erro neste gadget