quinta-feira, 17 de abril de 2014

(2014/261) Do biológico e do cultural


Por exemplo: para ganhar a vida, incrédulos podem fantasiar-se de pastores. Dito isso, fique claro que reconheço que o teatro faz parte de todas as expressões da sociedade - qualquer um ou qualquer uma pode, a qualquer momento, encenar qualquer coisa. Em resumo: não descartemos as encenações sociais, os teatros do dia a dia...

Feita a ressalva, vamos ao que vim: não me entra na cabeça a ideia de negar que, à parte das injunções culturais e educativas, as inclinações eróticas, sejam hétero sejam homo, respondem diretamente a pulsões bio-psicológicas e que, consequentemente, todo falatório que se atenha ao meramente comportamental adquirido constitua a superfície retórica de preconceitos e recriminações morais de fundo.










OSVALDO LUIZ RIBEIRO

Nenhum comentário:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Sobre ombros de gigantes


 

Arquivos de Peroratio

Ocorreu um erro neste gadget