sexta-feira, 4 de abril de 2014

(2014/142) Como assim, heresia...?


No sentido teológico, não existe heresia. Heresia é o nome que alguém, um embusteiro e um politiqueiro, dono de armas e poder, mas nenhuma moral e nenhuma ética, usa para tratar quem tem pensamentos distintos dos dele. É um crime ético chamar alguém de herege, porque mente-se para as pessoas, afirmando que há um mito/dogma que seja a expressão da verdade, quando dogmas são mitos, invenções humanas, todos...

O que há é heterodoxia: opinião, conceito, ideia diferente. Hoje, na nossa sociedade, isso não apenas é tolerável - isso é desejável.

Logo, não chama ninguém de herege: faz de você uma besta, um jumento, um energúmeno. Ainda que você ande de carrão e use ternos caros... Ou mesmo que você seja um ovelha tonta, a repetir discursos contaminados de empáfia e ódio religioso. Nos dois casos, demência do espírito...

Além do que, etimologicamente falando, heresia é apenas "escolha" - quando você escolheu sua esposa, fez heresia...









OSVALDO LUIZ RIBEIRO

Nenhum comentário:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Sobre ombros de gigantes


 

Arquivos de Peroratio

Ocorreu um erro neste gadget