segunda-feira, 16 de dezembro de 2013

(2013/1448) Diáfano


Tem de haver nada entre o meu olho e o teu. Se pões Deus entre nossos olhos, adeus, não quero mais saber de tua conversa. Ah, quantas vezes Deus não passa de um subterfúgio das almas que se escondem.







OSVALDO LUIZ RIBEIRO

Nenhum comentário:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Sobre ombros de gigantes


 

Arquivos de Peroratio

Ocorreu um erro neste gadget