quarta-feira, 4 de dezembro de 2013

(2013/1406) Nós, os provincianos que nos achamos...


Tillich ficou um tanto quanto atordoado, quando um amigo professor lhe disse que ele era um teólogo provinciano...

No Brasil, desde 1999, todo teólogo cristão clássico é provinciano: armou sua tenda nas terras da Bíblia, cravou suas doutrinas no peito, e cuida fazer teologia...

Argumenta que, sendo cristão, faz teologia cristã...

Isso é muito cômico e trágico...

Se a teologia deve estar onde está, tem de desprovincianizar-se: fazer-se não plural, mas pôr-se acima até de todo pluralismo: deixar de olhar o mundo através das doutrinas de seu gueto e passar a olhar-se olhando o mundo...

Provincianos. E nos "achamos"...







OSVALDO LUIZ RIBEIRO

Nenhum comentário:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Sobre ombros de gigantes


 

Arquivos de Peroratio

Ocorreu um erro neste gadget