segunda-feira, 12 de agosto de 2013

(2013/853) Que tal o Brasil construir em um ano 1.870 km de Metrô? Londres, o maior do mundo, tem 400 Km...


Falar de Metrô em SP é destampar um fossa entupida.

Mas tenhamos paciência.

Para a construção da Linha 4, com 13,5Km de extensão, o Governo do Estado tem um custo orçado de 3,6 bilhões de reais. Isso dá algo em torno de 267 milhões de reais por quilômetro.

Pois bem, digamos que esses cálculos estejam corretos, está bem? Não entendo desses cálculos e estou usando os dados constantes da matéria da IstoÉ.

Agora, pensem. O Brasil paga de juros e amortizações da dívida pública nacional algo em torno de 750 BILHÕES DE REAIS. Por ano. 2 BILHÕES por dia...

Maria Lucia Fatorelli, que participou da auditoria da dívida do Equador, disse que uma auditoria em nossa própria dívida poderia reduzi-la em pelo menos 70%. Isso significa que, com a auditoria, em um ano manteríamos em nosso poder, em nosso caixa, dinheiro vivo, não títulos podres, mas grana de nosso trabalho, 500 BILHÕES. Em um ano.

Digamos que não queiramos, no primeiro ano, comprar 1.000 F-22 Raptor...

Digamos que queiramos torrar tudo em metrô.

Quantos quilômetros de metrô poderíamos construir, em um ano, com 500 BILHÕES?

Se mantivermos os cálculos que a IstoÉ dá para a Linha 4 de São Paulo - 1.870 quilômetros.



Vou repetir: 1.870.

São Paulo tem ridículos 75 Km construídos em toda a sua história.

Londres, considerado o metrô mais extenso do mundo, construído há cem anos - tem 400 Km. Em um ano - UM, meu Deus! -, teríamos recursos para construir mais de três vezes o metrô de Londres.





Crime. Crime. Crime.

Há um crime sendo cometido a céu aberto.

O nome desse crime é pagamento da dívida.


Dinheiro tem - só estamos é jogando na lata do lixo






OSVALDO LUIZ RIBEIRO

Nenhum comentário:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Sobre ombros de gigantes


 

Arquivos de Peroratio

Ocorreu um erro neste gadget