terça-feira, 19 de março de 2013

(2013/282) Se há a "luz verdadeira", qual é a falsa?

1. João, Evangelho em polêmica...

2. A "Sabedoria" "é um eflúvio do poder de Deus, / uma emanação puríssima da glória do Onipotente" (Sabedoria 7,25). "Ela é um reflexo da luz eterna", a Sabedoria (7,26a). "Ela é mais bela que o sol, / supera todas as constelações; / comparada à luz do dia sai ganhando, / pois a luz cede lugar à noite, / ao passo que sobre a Sabedoria não prevalece o mal" (7,29-30). "A união com Deus realça sua nobre origem" (8,3).

3. A Sabedoria é a luz, reflexo do próprio Deus - é um dos temas de Sabedoria.

4. O tema volta em Eclesiástico 24 e, agora, todos os "motivos" que se repetirão em João 1 podem ser reunidos - Sabedoria é Palavra que sai da boca do Altíssimo (Eclo 24,3), que é uma "emanação de Deus" (Sb 7,25) e unida a Deus (Sb 8,3), reflexo da luz eterna (Sb 7,26),  que cria todas as coisas (Sb 8,3), que arma a sua tenda em Jacó (Eclo 24,8). Todos motivos que se encontram em João 1. Sem exceção.

5. Mas interessa-me a luz...

6. Eclesiástico, depois do longo discurso teológico sobre a Sabedoria-Palavra, que encarna em Jacó, que arma a sua tenda no meio do seu povo, afirma, categoricamente: "Tudo isto é o Livro da Aliança do Deus Altíssimo, a Lei que Moisés Promulgou" (Eclo 24,25)... A Lei. De Moisés. A Lei de Moisés. Ela é a Sabedoria, a luz eterna de Deus...

7. A comunidade joanina ouviu essa teologia a vida inteira. Eram da sinagoga os seus componentes. Sabiam quem era a Palavra encarnada, a luz verdadeira - era a Torá...

8. Mas, um dia, aderiram ao messias Jesus.

9. Essa adesão foi causa de conflitos com a sinagoga. Por conta dos conflitos, acabaram sendo expulsos da sinagoga. Levaram consigo o que ouviram a vida toda...

10. E, então, cooptaram o discurso.

11. Tudo o que, a vida inteira, ouviram a respeito da Torá, trataram de tomar e aplicar a Jesus.

12. Isso precisamente é João 1,1-18. Nenhuma novidade aí. Há uma Palavra. Ela é a luz. Ela encarna no meio do povo. Ela criou todas as coisas. Ela é um reflexo de Deus. Ela estava com Deus. Apenas uma novidade: a polêmica - não, ela não é a Torá de Moisés coisa nenhuma. Ela é Jesus...

13. Jesus é a luz verdadeira...

14. A Torá é a falsa...

15. Polêmica... Discórdia. "Furto santo". Negação, cooptação, criatividade...

16. O restante é Niceia...

17. Não precisam crer em mim. Como podem ver pelo caso comunidade joanina versus sinagoga, a fé cega. Mas poderiam refletir a respeito...




OSVALDO LUIZ RIBEIRO

Nenhum comentário:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Sobre ombros de gigantes


 

Arquivos de Peroratio

Ocorreu um erro neste gadget