sábado, 16 de março de 2013

(2013/252) Sobre o amor e as duas mãos de Deus


_ Qual o problema do ateu?

_ Não reconhece Deus...

_ E Deus quer ser reconhecido?

_ Sim, reconhecido e que sejam agradecidos...

_ Mas ele não teria dito que o que a mão direita faz, a esquerda esquece?

_ Heim?

_ É faça o que eu digo, mas não o que eu faço?

_ Heim?

_ Também não disse que o amor não espera nada em troca?

_ Ah, ele é Deus, não homem...

_ É, mais seus funcionários repetem para nós, todos os dias: sede santo, porque eu sou santo: você quer me dizer que Deus, além de não amar, já que sempre quer algo em troca, além de exigir reconhecimento, é arbitrário?

_ Heim?






OSVALDO LUIZ RIBEIRO

Nenhum comentário:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Sobre ombros de gigantes


 

Arquivos de Peroratio

Ocorreu um erro neste gadget