domingo, 3 de março de 2013

(2013/194) A caixa d'água de vovó e os marcianos


1. Se você não viveu na década de 70, se aí não era criança, não sabe do que eu vou falar. Eram dias de discos voadores - as rádios falavam sobre isso o tempo todo. Em Casimiro de Abreu, previu-se a descida de naves, as TV passavam séries sobre UFO e a atmosfera era de visita iminente...

2. Lá em casa, mamãe, meu primo, Julio e alguns vizinhos e vizinhas eram espíritas e médiuns. Falavam-se de marcianos o tempo todo. E de espíritos. Eu lia a obra quase inteira de Lobsang Terça-Feira Rampa e suas viagens astrais, preso em seu cordão de prata.

3. Em seu quarto, um dia, meu primo tocou essa música dos Carpenters, que, a rigor, era de Klaatu. Ela representa bem aquela época...

4. Um menino como eu era não podia passar ileso por aqueles dias. Havia noites em que eu subia até o alto da caixa d'água da vovó, deitava-me, chorava, e pedia às naves que fossem me buscar, enquanto olhava as estrelas até o sono mandar-me para a cama...

5. Críamos em cada coisa naqueles dias!

6. Mas, mesmo depois, na década seguinte, quando tornei-me batista... No fundo, não há assim tanta diferença...

7. E a música, afinal, não era tão ruim...




Calling Occupants Of Interplanetary Craft


In your mind you have capacities you know
To telepath messages through the vast unknown
Please close your eyes and concentrate
With every thought you think
Upon the recitation we're about to sing

Calling occupants of interplanetary craft
Calling occupants of interplanetary most extraordinary craft

Calling occupants of interplanetary craft
Calling occupants of interplanetary craft
Calling occupants of interplanetary most extraordinary craft

You've been observing our earth
And we'd like to make a contact with you
We are your friends

Calling occupants of interplanetary craft
Calling occupants of interplanetary ultra-emissaries

We've been observing your earth
And one night we'll make a contact with you
We are your friends

Calling occupants of interplanetary quite extraordinary craft

And please come in peace, we beseech you
Our earth may never survive
So do come, we beg you
Please interstellar policeman
Oh, won't you give us a sign
Give us a sign that we've reached you

(instrumental)

With your mind you have ability to form
And transmit thought energy far beyond the norm
You close your eyes, you concentrate
Together that's the way
To send the message
We declare world contact day

(instrumental)

Calling occupants of interplanetary craft
Calling occupants of interplanetary craft
Calling occupants of interplanetary most extraordinary craft

Calling occupants
Calling occupants
Calling occupants of interplanetary, anti-adversary craft

We are your friends






OSVALDO LUIZ RIBEIRO

Nenhum comentário:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Sobre ombros de gigantes


 

Arquivos de Peroratio

Ocorreu um erro neste gadget