terça-feira, 6 de janeiro de 2015

(2015/043) Lutar contra o inexorável


Lutar contra o inexorável não me parece sábio.

A morte é inexorável.

Porque a tememos, porque fizemos dela um algoz, um terrível inimigo, tornamo-nos presas fáceis para todos os aproveitadores da morte.

Havemos de nos resignar em face de nossa finitude e mortalidade.

O que não significa dar à morte valor maior do que à vida.

Não.

À vida é que celebraremos.

A morte, todavia, trataremos como a casa para onde vamos dormir um sono do qual não

despertaremos jamais...

No fundo, a religião de salvação é uma prisão construída sobre um medo e uma tolice de nossa alma, que, não sei se por apego demais à vida, mas, certamente, por ignorância mesmo do que essa vida é, trata a vida como Bem e a morte como Mal, sem se dar conta de que viver é morrer de vida e morrer é viver de morte, se é que Heráclito disse algo assim...









OSVALDO LUIZ RIBEIRO

Nenhum comentário:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Sobre ombros de gigantes


 

Arquivos de Peroratio

Ocorreu um erro neste gadget