quarta-feira, 24 de dezembro de 2014

(2014/804) Vida é conhecimento - ou não é vida

Nesse exato momento, cada célula sua precisa, sem erro, identificar o íon adequado. Ela tem ordens para receptar um K - não pode ser um P, um Ca, um Na. Tem que ser um K. Ela já nasceu pronta para "saber". E sabe. No momento preciso, se há K circulando no sangue, na linfa, no espaço intersticial, a membrana celular deixará entrar o K - e não o P, o Ca ou o Na.

É a isso - e só a isso, que chamo de conhecimento: a capacidade do organismo vivo de computar o meio interno para, por meio da computação do meio externo, manter a sua vida, isso que ele tem, não sabe quem deu, de onde veio, mas vem com o pathos de permanecer vivendo...

Conhecimento é vida. Vida é conhecimento.








OSVALDO LUIZ RIBEIRO

Nenhum comentário:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Sobre ombros de gigantes


 

Arquivos de Peroratio

Ocorreu um erro neste gadget