sábado, 14 de junho de 2014

(2014/610) Fragmentos facebookianos - versão Copa 2014

I.

Parece que a massa cheirosa da Cantanhêde não tem perfume por dentro: abriu a boca, é só aquele miasma nauseabundo...


II.

Discursim manjadim em postim de politiquim fazendo campainhazinha com presepim amestradim, tudo ensinadim, com as respostinhas decoradinhas... Pena que não se ensina a pensar nesses rincões...

O político me sai com essa: se queriam pretos no Itaquerão, vendessem ingressos baratos...

Não vou explicar a estultícia do argumento.

Se você entender como é burra a declaração, bom pra você. Se não, fazer o que, né?


III.

Se você mistura a confraternização de uma Copa, à qual 3,5 bilhões de pessoas prestam atenção, em torno da qual famílias confraternizam, com a política rasteira dos bastidores, então, para todos os fins, você é um doente fundamentalista, que não se dá conta de que é preciso separar as coisas e que até guerras sangrentas têm trégua...

Você precisa de médico.

Urgente.


IV.

Ainda bem que eu não estava no Itaquerão...
Eu ia ser preso.
De alma lavada, mas preso...


V.


Ter que assistir a Copa pela Fox... Que os deuses me perdoem e os diabos me consolem... Lei de Mídia urgente, peloamordeDeus... Mas vale cada centavo pagar TV fechada só para não ter que ouvir ninguém do PIG.


VI.

Bem, o Brasil está bem melhor hoje.

Ontem, quem não gostava de Dilma ia lá, a amarrava em uma cadeira e a torturava.

Hoje, quem não gosta só pode vaiar e xingar.

Mas eu não duvido que, se você puxar o fio da vaia, chegará à mão do torturador...


VII.

Depois que foi torturada, Dilma foi lá e conquistou a Presidência...
Sabe o que valem para ela essas vais de branco-metido-a-gente?
Um pum de lagartixa...

Mas as vaias será tudo o que esses mal criados, filhos da geração anti-Nordeste, anti-pobre, terão: vão mostrar aos netos a participação cívica que tiveram...


VIII.

Vai ver, o povo que xingou a Dilma são filhos dos empresários paulistas que patrocinaram as torturas que ela sofreu.


IX.

Pior do que quem xingou, é quem, no fundo, aplaude o xingamento, mas é controlado demais para descer ao nível da turba e, então, pousa de lúcid@. É como o sujeito que precisa fazer o serviço sujo, não pode, por questões sociais, e contrata gente pra fazer - nesse caso, terceiriza o orgasmo que experimentaria el@ mesm@ em sendo quem na verdade é por baixo do disfarce de boa gente...


X.

Povo vê TV o ano inteiro...
Povo senta o traseiro em banco de igreja no mínimo três vezes por semana.
Povo vai a shows.
Povo vai a cinema.
Povo pula carnaval.
Povo escuta rádio.
E a educação e a saúde...
Mas nunca se vincula uma coisa e outra...
Aí, na Copa, de repente, a educação e a saúde são lembradas...
Acho que falta coerência...
A Dilma informar que mais de 1 trilhão de reais foram gastos em saúde e educação, enquanto nem 8 bi foi gasto com a Copa adianta alguma coisa?
Não, porque o povo é surdo opcional: só escuta o que interessa.


XI.

... ai, me deu um desespero aqui...
... E se o inferno existe mesmo e é aqui e agora?
Os coxinhas vira-latas recalcados podem ser o próprio Satanás fazendo a gente sofrer...
Fiquei pensativo-teológico, agora...










OSVALDO LUIZ RIBEIRO

Nenhum comentário:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Sobre ombros de gigantes


 

Arquivos de Peroratio

Ocorreu um erro neste gadget