quinta-feira, 12 de junho de 2014

(2014/588) Da sede de (algumas) religiões (sempre as mesmas!) pelos espaços públicos


Eventualmente um pecado da minha alma, um equívoco de minha mente, um defeito de meus sentidos - mas, certamente, uma dor em minhas juntas -, um assombro me toma a consciência: não apenas a religião, não civilizadamente, toma os espaços públicos cada vez com mais sede, o que por si só já seria preocupante - mas pior: as vozes que deveriam estar a estudar, com preocupação, o fenômeno, parecem legitimá-los com termos tais como "teologia pública"... 

Sinto um desassossego e um incômodo não apenas com o alastramento da religião e dos religiosos nos espaços públicos, mas ainda mais com a naturalidade e, até, certa incontida satisfação, com que, nos meios de estudos desse fenômeno, ele é saudado...

Pois, em mim, ele causa preocupações...










OSVALDO LUIZ RIBEIRO

Nenhum comentário:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Sobre ombros de gigantes


 

Arquivos de Peroratio

Ocorreu um erro neste gadget