terça-feira, 22 de abril de 2014

(2014/313) Religião e loucura

Penso que não se tratou a religião como uma espécie de loucura e não se trataram os religiosos como loucos porque: a) os reis eram religiosos, b) os juízes eram religiosos, c) o Império era religioso, d) todo mundo era religioso, e) a religião era usada para manter as coisas no lugar, f) os professores eram religiosos...

Numa vila em que todos são loucos, quem é louco?

Há loucuras toleradas e há loucuras para as quais a sociedade pede internação. Talvez seja assim também com a religião - é uma espécie de loucura que produz dois tipos de loucos: os de algodão e os de pedra...









OSVALDO LUIZ RIBEIRO

Nenhum comentário:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Sobre ombros de gigantes


 

Arquivos de Peroratio

Ocorreu um erro neste gadget