quinta-feira, 17 de abril de 2014

(2014/229) Amor e gratidão


Amar alguém que te ama e ser agradecido, à vida, pela vida: gratidão em todo o tempo, a todos e a ninguém, só aquele sentimento de ser agraciado e de, por isso, ser grato, animado pela sensação ininterrupta de amar e ser amado em todo o tempo, mesmo que chova, mesmo que o céu se turve, mesmo que os lábios se crispem por quarenta e três minutos...

Isso, senhores, é o parto da felicidade...










OSVALDO LUIZ RIBEIRO

Nenhum comentário:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Sobre ombros de gigantes


 

Arquivos de Peroratio

Ocorreu um erro neste gadget